COMPARTILHAR

Uma relação extremamente importante para qualquer estudante, independentemente de sua idade ou seu grau de formação, é aquela que se estabelece com o educador. Quando professores e alunos mantêm um bom relacionamento em sala de aula, o aprendizado se torna mais eficiente e passa a existir um maior engajamento de ambos. Um ambiente saudável é mais propício ao aprendizado, como aposta o Colégio e Curso CAP, em Nova Iguaçu.

“Fazemos uma relação mais próxima com o aluno, temos grupos de WhatsApp para estudos onde ele tira dúvidas e pode sempre falar com professores. É importante criar vínculos, estabelecer uma relação, isso faz toda a diferença”, declarou o professor Jorge Rezende, que é também diretor da instituição.

 

Com foco em manter uma relação mais próxima do aluno, o colégio tem uma regra: nada de turma muito grande. Uma média de 25 alunos em cada sala é o ideal. “Nossas salas têm capacidade para até 80 alunos, mas optamos por grupos menores. Não tem como estabelecer uma relação mais próxima e dar atenção a grupos grandes demais. O aluno não pode ser mais um na multidão, ele precisa se sentir em casa, acolhido. Ele tem que estar à vontade para perguntar, tirar dúvidas, e isso torna-se mais fácil quando uma relação é estabelecida. Outra questão que acreditamos é que a quantidade diminui bastante a qualidade do ensino”, explicou o professor Rezende.

A ideia de ensinar estabelecendo vínculos afetivos com os alunos surgiu quando Rezende dava aulas em outros cursos e escolas. “Eu trabalhava em 11 instituições e todas tinham turmas enormes. Eu não conhecia nem metade dos meus alunos, não tinha como dar atenção e isso me incomodava. Foi quando eu comecei a dar aulas particulares, e daí passei a ensinar da maneira que eu acreditava e via que faltava onde trabalhava”, relembrou o educador.

As aulas particulares, em 1998, com seis alunos, passou para 100 estudantes, em menos de um ano. Com as turmas crescendo, foi necessário ampliar a estrutura e aulas de reforço passaram a ser preparatórios para colégios e provas específicas. O CAP oferece ensino do 6º ano do Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio bilíngue, além dos cursos preparatórios, mas com um diferencial: a separação de colégio e curso.

“O aluno de curso é diferente do estudante de colégio, são perfis distintos, focos e conteúdos diferentes. Não tem como oferecer dois em um, como muitas instituições oferecem, ao menos não quando se quer uma boa formação. E temos alcançado resultados muito bons, já que nosso índice de aprovação é 70% a 90%”, afirmou Rezende.

Entre os cursos preparatórios estão a Escola Naval, EFOMM, AMAN, EPCAR, aprendiz de marinheiro, sargento especialista, sargento do exército, fuzileiro, escolas técnicas e Enem.

O CAP fica na Travessa Almerinda Lucas de Azeredo 92, Centro de Nova Iguaçu.

Informações: 2667-0342 ou pelo www.colegiocursocap.com.br.

As matrículas ainda estão abertas.